03 julho 2006

Ao mestre, com carinho e muita, muita admiração!


Alguns selecionados de futebol, em seu passado e em seu presente, possuem gênios, maestros... E nós sabemos - sabíamos também! - que isso faz uma diferença estrondosa.
Obrigado, Zinedine Zidane, por nos fazer lembrar como é bonito o futebol arte, a espetacular magia de, simplesmente, bater uma bola - e encantar, e VENCER!