07 dezembro 2009

Meu PAI, eterno!

Para homenagear meu PAI, Osmar Rossi, guerrilheiro da LIBERDADE, falecido no último sábado, 05.12.2009, sepultado num domingo de Sol e calmaria, como era o olhar que ele me lançava desde que eu era garoto, reproduzo abaixo os breves textos que depositei no twitter agora há pouco. No decorrer dos dias, quando meu coração aliviar-se da dor pela ausência de meu HERÓI, o único, voltarei ao "Espaço". Há muito que publicar, acumulado nas laudas e mais laudas de meus cuidados manuscritos. Aproveito para agradecer orações e palavras de solidariedade. Do coração, obrigado!

Sábado, 05.12, o coração vermelho de meu PAI parou de bater. De uma história de lutas e liberdade ficam também o exemplo e a generosidade!

Permanecerão ainda o caráter, a coerência e a forma tão particular de ter me deixado o COMUNISMO como herança. De minha parte, AMOR ETERNO!

OBRIGADO, PAI. Por tudo e mais um pouco!!!