09 fevereiro 2010

Ler: substância

"Um livro no coração", fotografia de Luis Ferreira

Livros
tramas, dramas
gente de toda sorte
a sorte de toda as gentes

Li, vi, venci
descobri e reinventei mundos
naveguei mares
cartografei almas e flores
cotejei encantos
aplaudi multidões
dor, alegria, puro espanto

Eduquei - poli - o espírito
decência rousseauniana
desvelei culturas, colori mapas
transcendi
invadi corações, olhares
pus corpos em movimento
seduzi lábios, insinuações

As palavras escritas falam
voam, mergulham, dançam
leem, preveem, reveem
infinitas passagens
inúmeros milagres
espetáculos e desatinos

A palavra e o livro
são exclusividades fraternas
experiências mágicas
eternas - projeções
insubstituíveis - destinos cruzados

Os melhores livros
contêm as mais fortes palavras
As mais letradas palavras
preenchem os livros decisivos

Ler é uma definição!