12 junho 2013

Orgulho do vagabundo


Independentemente,
os rios encheram meus olhos,
com sonhos
e muita, muita
esperança.

Flanei,
vagabundo como nunca,
orgulhoso de não ceder
à tentação
do fácil,
do muito fácil e
cômodo
regresso.